Diário de um Disléxico .

Tudo e mais uma surpresa.

Wednesday, May 24, 2006

O ser humano se acostumou a andar em reta.



É de grande facilidade que as pessoas vêm a presumir e julgar exatamente o que somos e qual é a nossa cura. Por outro lado,é enorme a aversão aos tarjas pretas sempre com alguma conclusão precitada como a famosa lenda da Indústria Farmacêutica Patrocinadora de novas doenças.Preferem testar tratamentos bem criativos, fazem uso de poções das fadinhas dos livros encantados tido como os Florais de Bach, outras mais tradicionais como porrada, etc...

É enorme o esforço das pessoas em se manterem firme em convicções infelizes e ignorantes. O conceito de informações infelizmente para a maioria das pessoas é a televisão, lá o jornalismo sério e imparcial global repassa os dados necessários para que os indivíduos tenham as informações básicas e assim se acharem dignamente esclarecidas e a par dos problemas cotidianos em um contexto geral.

A sensação que eu tenho sobre a TV aberta funciona como um Audio-Book errante alienado. A alegoria vendida na televisão é muitas vezes incoerente com a realidade comum e ainda mais com algumas particularidades.

Antes usavam livros pretos para consagrar o andar em linha reta e assim foi substituído pela midía de imagens. Nos dias atuais, a tv substitui o papel que antes era da igreja, de sacramentar e vender imagens e idealismo confortável que encantam as pessoas e as condicionam a confiar mais na Tv do que em em sua autonomia. Percebo que realmente foi necessária a criação da televisão como fator evolutivo. Chegamos ao ponto de confiármos mais nela do que em nosso proprio ego.

Estou focando essa linha de pensamento nas novelas e nos jornais, pois o resto obviamente é apenas um instrumento para passar o tempo. O JN está editado e dirigido de forma popular ao melhor estilo "HomerSimpson" , e por sua vez a novela de forma que contradiz com a realidade tenta abordar temas que até mesmo lá dentro são tratados com descaso(assim aconteceu com o beijo gay).

De um modo geral o Brasileiro não tem escolaridade ou cultura suficiente, não sabe buscar as informações e peneirar , se satisfaz apenas com os debates da atualidade, não procura tentar se esclarecer sobre as condutas alheias, apenas as varre para debaixo do tapete ou as condena.

Eu sei que não é fácil, mas todos deveriam aprender a se corrigir e PARAR com essa incessante busca pelo atalho mais fácil de se abranger que alguns Livros (ditos como) Sagrados assim como a Sagrada Rede Globo de Televisão que induzem as pessoas fugir e criarem expectativas surreais sobre o que é sabedoria e informação.


-Até quando nós portadores de distúrbios psico-biológicos terão que conviver com esse descaso e vista grossa de pessoas próximas que poderiam amenizar o fato com um pouco de entendimento?



Apenas um apelo para aqueles que não entendem e não vivem o que vivemos, somos diferentes não por opção e sim porque nascemos assim.

Wednesday, May 10, 2006

É engraçada essa rara capacidade de sermos nós mesmos de vez em quando.

Desde sempre fomos cópias dos outros, aliás, cópia nem seria a palavra, e sim captadores de influências. Eu me questiono muito sobre isso, até que ponto é bom que as pessoas fiquem com essa capacidade de absorver fragmentos de influências.

Parece complexo e cabeçóide demais falar “absorção de pequenos fragmentos de influências” mas nem é ... Agimos bem ou mal. Todos nós seres humanos agimos assim, de maneira sub-consciente e pelos mais diversos motivos.

Não seria uma pré-moldagem anarquista cada um agir de sua maneira, de forma mais original, não ficar achando que nasceu especial ou genial e que possui o extraordinário dom de reescrever a filosofia existencialista e, até mesmo, trechos da Bíblia Sagrada. Se aceitar principalmente a vida como ela é, digamos o melhor modo pra acharmos a verdadeira essência de existir...

A felicidade existe em pequenos momentos e só damos valor a ela quando sabemos o que é a tristeza. Ela é mais fraca do que imaginamos, é algo comum, mas é vendida como um sonho ideal. Ao contrário do qe se pensa, é muito mais do que isso, inserida fortemente em um grande conjunto. Felicidade é diferente de ter uma alegria eufórica a todo instante. Desde o início da existência do homem temos essa incrível e “fofa” capacidade de procurarmos algo que nos sustente.

Sempre que entramos em um “clubinho reservado” nos sentimos abençoados (Glória JESUS!) e não em uma floresta negra (sozinho, com frio, com vontade de cagar, etc). Cada um tem seu clubinho, todos temos que ter algum lugar para respirar, socializar. É algo inegável dentro da natureza do homem, mas, a partir do momento que você não consegue se relacionar, você recebe o carinhoso nome de Sociopata (adoro essa palavra!).

Temos que ter mais cara e coragem para assumirmos nosso próprio ego e não ficarmos apenas nos martirizando e revoltando de maneira silenciosa com nós mesmos. “Seja você mesmo” é a primeira lição que se aprende nos desenhos animados(no He-man então você aprende a ser o Paulo Coelho) e é a ultima que você irá seguir. É mais fácil colocar uma capa de toalha e pular sete andares falando que tá voando (um belo rasante com a boca pra calçada). Ser “você mesmo” é algo não muito acessado por quase todos, ninguém gosta de escutar isso, o ego flameja quase sempre, mas o que você faz para que isso não seja comprovadamente verdade?

Absorver conhecimento é mais do que necessário para que continuemos existindo e evoluindo, mas saber domar essa natureza do subconsciente captador de influências é verdadeiramente saber evoluir.
Genialidade?
Inteligência?
Conhecimento?

Os fatos:
Ter conhecimento é ser genial?
Ser inteligente é ser genial?
Ter conhecimento é ser inteligente.

Sabe o que é ser um gênio de verdade?
Pelos filmes a idéia do que você tem de uma pessoa genial é qual? “Equisperti”(expert) em física matemática , o cérebro disparando a mil por horas com um close em olhos inquietos como fosse um computador humano em processamento? Pelamordedeus! É o cumulo do ridículo. O famoso homem máquina do futuro (“wow i feel the machine man”)!


O conceito para uma genialidade verdadeira não é expor dessa forma tão maçante (e ridícula), gênios existem aos montes dos modos mais variáveis .De forma mais clara: Ser um gênio é ter um talento , ninguém adquire talento com apenas o conhecimento.
Talentos estão presentes em níveis e em níveis, por exemplo:
O Pelé tinha um talento para jogar futebol maior do que o Romário .
Mas no cenário mundial, ambos foram grandes talentos que não serão esquecidos, ou seja? Dois gênios do futebol em níveis diferentes.


Acrescentando o seguinte fato: Pelé é a pessoa do meio esportivo que fala mais merda, com verdadeiras demonstrações de burrice aguda, ou seja? Ser um gênio não precisa ser necessariamente inteligente em tudo.


Ter o status de genialidade é apenas nascendo, não se conquista, precisa alavancar com um pouco de conhecimento, o mínimo conhecimento sugerido pode dar proporções acima da média. Mitos e mitos que podemos englobar sobre o que é ser genial e como funciona o cérebro de um gênio. Eu desde criança no colégio tirava médias no melhor estilo de 35% e tal e olhava com indiferença pros “esforçados” que estudavam na sala e para as provas e tiravam 80% pra cima. Certa vez, um colega “esforçado” me questionou quanto as minhas capacidades de eu conseguir superá-lo, não deu outra tirei 100% (seria 200%) na prova considerada a mais difícil do ano... Isso foi indiferente pra mim, não liguei e uso como exemplo que colégio não acrescenta nada com relação a vida a fora... Aulas mais importantes do que essas seriam as de “Auto Estima” “Consciência Ambiental” ... Isso sim que deveria ser o papel do colégio.


Em determinadas partes, as coisas pegam pesado...Não é porque você seja gênio que irá passar para medicina na UERJ sem estudar, eu aceito a condição: “Eu sou burro”, não tenho o conhecimento necessário nem a ganância de passar para um vestibular que as pessoas enlouquecem de tanto estudar, não consigo sacar um valor primordial nisso. Fazer psicologia na Estácio de Sá mesmo, porque essa coisa de ficar pensando padronizado não é comigo.

A vida é feita de trocas, não apenas intercaladas no dia-dia , mas com nós mesmo, não adianta eu querer ser o mr fantástico, eu perco em algumas partes, me considero BURRO, olha o exemplo: antes de escrever esse texto, fui eu pegar coca cola em um copo da pia, terminando de beber ví um pedaço de carne grudado nele, pelamor de deus!Vai ser burro assim na puta que p@#&! Mais ou menos pelo terceiro parágrafo parei um pouco, fiquei na janela observando as pessoas andando e pensando o que elas pensam da vida, vi uma luva cirúrgica e comecei a enxer e brincar com ela.. Nem é uma coisa que eu fique revoltado hehehe mas é engraçado que escrevendo um texto assim, aconteça esses estranhos erros de percurso .

Monday, May 08, 2006

O dia que Garotinho voltar abrir a boca...(Parte1)

Dizem que quando acuado, um rato pode pular dois metros de altura e acertar diretamente a garganta da vitima.


A questão é: Quando acabar o melodrama mexicano da greve de fome, o Garotinho irá abrir a boca de vez? Temos um exemplo bem atual, o Roberto Jefferson que do nada conseguiu causar uma verdadeira desilusão nacional com relação a tudo que pode englobar política no Brasil.

Como homem publico, não pode esperar outra coisa do teatral "pré-candidato que não irá disputar as eleições". Quando ele não tiver mais o que perder levará meia quadrilha com ele, qual será o novo nome? Já deixo aqui a minha sugestão: "CPI do Pirulitinho" ou "CPI da PIRRACINHA".

Muita coisa precisa mudar, isso não começou com Garotinho, e não irá terminar com ele, acredito sim que ele teve uma ideologia social, ajudou a melhorar a vida de mais de 70% das pessoas da cidade onde ele foi eleito. Mesmo sendo uma política social de curto prazo com decadências a médio, creio eu que ele tentou fazer o melhor como prefeito de Campos.

Já quando governador do RJ tentou fazer exatamente o que fez em Campos, tentou adotar o mesmo modelo politiqueiro com um misto de ingenuidade e ganância e aos poucos o Rio de Janeiro como um todo decaiu e muito. Como ninguem, Garotinho sabe articular uma das mais assombrosas políticas do "Pão e Circo". E com isso conseguiu um grande apoio da população miserável que deu o poder a Rosinha Garotinho.

Enquanto o povo não tiver consciência de que o Rio de Janeiro pode favorecer infinitas vezes mais a parte pobre, o voto será sempre dado aquele que jogar pequenas migalhas para uma multidão.

Monday, May 01, 2006

INEXATO

Ser ou não ser eis a questão?

Eu não sou, não que eu queira ser, aliás ás vezes quero ser mas não sei pq nao sou...

INEXATO sempre.

Continuando nesse ritmo escrevo uma letra [i]Kurt Cobainiana[/i] com a diferença de que irei receber posts negativos ou serei futuramente alvo de (mais uma) piada.

Essa sensação de nunca ser o mesmo, nunca ser nada igual, nunca conseguir ser a mesma mesmisse ;/ Pediria pra papai do céu o seguinte:

-Quero ser burro (atendido).
-Quero ser apenas uma cor e não um arco-íris(uiiiiii).
-Quero ficar 10 anos fazendo a mesma coisa sem enjoar.
-Quero ter um blog atualizado diariamente com pensamentos fodas!
-(y)


Teoricamente estava pensando o seguinte:
-Ser PAPA deve ser foda!Uhul, mas quem aguenta rezar 9, 10 horas por dia?
-Ser o Ronaldinho deve ser legal, mas quem aguentaria se olhar sempre no espelho com aquela cara?
-Ser eu deve ser legal, pensamentos à frente(uau egocentrizei eu mermo)mas ,poha, viver diferente do resto eh algo meio vidral.

É fato, existencialismo é uma palavra escrota q ajuda a confundir mais ainda o que voce é.

Saturday, March 04, 2006

Inércio*

Corujão Corujão Corujão...Não me matrate assim ;(



El Mariachi - Nessa minha pequena carga cinematográfica eu nunca ví um filme tão RUIM quanto esse filme.Cenas de ação repletas de sangue, armas e belas mulheres(...)Não foi isso que aconteceu!Teve até a tentativa disso massss a realidade foi outra e muito cruel com o espectador.

Afinal para aonde a terceira linda latina está mirando?

Os recursos com o filme foram um dos mais excassos, usaram pistolas D'AGUA!!!!! as armas com silenciadores pareciam bombinhas sem sincronismo algum...Eu pensei que esse filme era da decada de 70 o mais otimista para 80.... Mas não! é de 92 kólega! Não acabou por aí, ele foi o primeiro filme de Robert Rodriguez (que dirigiu entre seus filhos mais famosos Sin City).Realmente o Texano escolheu um bom caminho que é fazer filmes para crianças, pois sinceramente conseguiu fazer a pior direção que eu já ví na vida.

Parte inesquecível do roteito:


VARIOUS SHOTS of the empty town with nothing and nobody.
Medium shot dolly into Mariachi as he stands, turns and sees a BOY bouncing
a ball in slow motion. The Boy stops short, holding the ball tight against the
chest. Mariachi glances around to maybe spot more people, before concentrating
on the Boy.

Finalizando: Mesmo sabendo que El Mariachi ganhou vários prêmios populares e de criticos eu me mantenho firme em afirmar que foi um filme extremamente cru pro que se prôpos, sendo aventura, em algums momentos teve conclusões que abusavam da inteligencia de quem assistia ...

Friday, March 03, 2006

Binóculos valem ouro na minha rua.


Eu acho que a esquina aonde eu moro, merecia um fotolog/pixelog/flog/blog/site e até mesmo ações na Rede Globo.

Quantos fatos preencheram essa rua nos ultimos tempos.
Tiveram coisas super legais como a tocha olimpíca, blocos carnavalescos mas nada se compara as desgraças!Nossa é um prato feito!

Nossa de batidas em poste umas 4! A melhor foi a que derrubou o sinal que nem papel, e o mais bizarro é que o mesmo ainda sim funcionava!
Os abusos do poder dos policiais!"Davam na cara mesmo, neguinho apanhô coléga.. Só tapão!"
Nossa e o dia q pulei no chão! Ai jesus a adrenalina q linda! 3 pessoas baleadas em frente a igreja com bomba e tudo na rua... Fortes e irradiantes emoções dignas de filmes americanos de ação.
Ahhh mais uma boa citação da minha rua: O coro fervoroso "das mulé do morro" que diziam : "Mataram uma criança! Mataram uma criança!"Tentaram parar a rua e tudo...E a Câmera da "Grobo" filmando e aí que começou a "cair" uma a uma por causa do escaldante Sol de 29 graus.

Nossa dramas ilários, recordações macabras porem doces de um passado tão recente .

Primeira postagem:




Escrever em um blog é uma espécie de contagem regressiva para eu abandoná-lo...Odeio muito ficar mantendo uma rotina!Esperando comentários!!!!Ai ai esqueci, não posso colocar muitos pontos de exclamação, tenho que me controlar.

Só comento uma frase, melhor uma reflexção distorcida: Por que as pessoas gostam de julgar o nosso talento e direcioná-lo?Por que não podemos encontrar o nosso próprio talento e direcionarmos a nossa própria vida sem esses conselhos macarrônicos?Odeio belas artes porra!Mais ainda porque todos querem que eu faça essa bosta de faculdade! Por que as pessoas pensam que eu não possa fazer psicologia caralho?Será que acham que eu tenho inocencia suficiente para nao saber que eu tenho total noção que NÃO IREI SER UM SER HUMANO MELHOR ME AUTO ANALISANDO?

Resumo da estórinha de cristal mágico de hoje:
A interpretação do comportamento alheio baseado na auto interpretação é coisa de gente burra.